Uma rapariga de 8 anos foi diagnosticas com cancro do pulmão no este da China tornando-se na pessoa mais jovem a padecer da doença que os médicos associam aos altos níveis de poluição do local onde vive.

Segundo a agência oficial chinesa, a Xinhua, a criança, cujo nome não foi divulgado está internada no hospital oncológico de Jiangsu, em Nankin, este da China, e está doente porque vive junto a uma estrada e passa a vida a inalar todo o tipo de partículas poluentes.

As autoridades chinesas reconhecem que um quarto da poluição no país advém das emissões dos veículos motorizados sendo que o restante parte das emissões industriais, químicas e de centrais de energia, pós de obras de construção e areis microscópicas dos desertos do norte do país.