Um bebé chinês com fenda palatina foi abandonado pelos pais e encontrado enterrado numa caixa de sapatos oito dias depois, segundo a imprensa chinesa, citada pela agência France Presse.
 
Os pais abandonaram o recém-nascido numa zona rural remota da província de Guangxi, que foi depois enterrado, com apenas dois dias de vida, ao que tudo indica por parentes que pensavam que o bebé tinha morrido.

Por ter sido enterrado num terreno fértil, conseguiu receber água e ar através da caixa. Foi descoberto por uma mulher que colhia ervas e apercebeu-se do choro de um bebé.

“Cinco pessoas, incluindo três parentes, foram detidas por suspeita de homicídio premeditado”, informou a imprensa local.

A maior parte das crianças com deficiências são abandonadas na China, particularmente devido às elevadas despesas médicas e ao custo da educação especial.