O município da cidade chinesa de Cantão proibiu os altos funcionários de se divertirem em discotecas, clube noturnos e outros locais de entretenimento como parte de uma campanha de austeridade e luta contra a corrupção lançada pelo Governo Central.

De acordo com a agência Xinhua, a ordem dada na capital da província de Guangdong, que faz fronteira com Hong Kong e Macau, integra uma lista de dez proibições que as autoridades de disciplina de Cantão enviaram aos responsáveis da política local.

Os altos quadros estão também proibidos de utilizar fundos públicos em banquetes, bem como receber prendas, acrescenta a ordem.