Wounda foi resgatada da selva do Congo pelo Instituto Jane Goodall em condições paupérrimas, à beira da morte.

A chimpanzé tinha ficado órfã depois da mãe ter sido assassinada por caçadores furtivos, o que também colocou em causa a vida de Wounda, que sem os cuidados da mãe num terreno hostil de uma zona perigosa.

Resgatada pelo instituto, a chimpanzé foi cuidada pela famosa primatóloga britânica Jane Goodall, e conseguiu recuperar, tendo agora regressado à liberdade da selva do Congo, numa zona protegida pelo Instituto.

Antes de ser devolvida ao seu habitat natural, Wounda teve um gesto que emocionou a equipa do Instituto: abraçou Jane Goodall de forma carinhosa, mostrando a sua gratidão por tudo o que fez para a salvar-

Quer a primatóloga, quer a veterinária galega Rebeca Atencia, vão acompanhar Wounda na sua adaptação à selva.

Wounda é a 15ª chimpanzé a ser libertada, das 160 órfãs resgatadas pelo Centro de Reabilitação de Chimpanzés de Tchimpounga (Congo).