A região dos Balcãs avaliou esta quarta-feira os danos devastadores provocados pelas piores inundações dos últimos 100 anos e a explosão de uma mina antipessoal na Bósnia revelou um novo perigo para as pessoas nos países atingidos pelas fortes chuvas.

«Na região de Brcko (norte da Bósnia), as inundações deslocaram as minas antipessoais, sendo que uma acabou por explodir, mas sem fazer vítimas», divulgou a agência nacional de desminagem bósnia.

Segundo dados oficiais, desde o fim da guerra da Bósnia (1992-1995), mais de 120 mil minas permaneceram espalhadas em dois por cento do território da Bósnia.