O Governo do Nepal revelou hoje que 33 pessoas morreram e 20 estão desaparecidas na sequência de inundações e deslizamentos de terras provados por chuvas torrenciais.

As chuvas fizeram transbordar cursos de água em todo o país e provocaram inundações e deslizamentos de terras que destruíram vários edifícios, segundo as autoridades.

Duas crianças morreram em Katmandu, no centro do país, quando a escola onde estavam ficou parcialmente soterrada.

Milhões de nepaleses continuam a viver em abrigos temporários depois do sismo de abril de 2015, que fez cerca de nove mil mortos.