A redação da TVI junta-se ao movimento #JeSuisCharlie, que simboliza a defesa da liberdade de expressão, em solidariedade com o jornal satírico francês «Charlie Hebdo», que esta quarta-feira sofreu um ataque terrorista que vitimou pelo menos 12 pessoas.



«Je Suis Charlie» é também a mensagem que constitui na totalidade a página digital do jornal, sobre um fundo negro. 

Desde minutos de silêncio a outro tipo de demonstrações, a nível internacional são muitos os órgãos de comunicação social que já se juntaram a este movimento que homenageia as vítimas da publicação parisiense.

Em França, órgãos como o «Libération», «Paris Match», «Le Monde» e a agência «AFP» prestaram o seu tributo e partilharam-no nas redes sociais.
 
Também na vizinha Espanha, que na sequência do atentado em Paris elevou o nível de alerta terrorista, jornais como o «El País» e «El Periódico» prestaram o seu tributo.