A polícia espanhola deteve este sábado de madrugada quatro supostos jihadistas em Ceuta, de acordo com nota do Ministério do Interior espanhol citada pelo «El País».

As autoridades investigam agora se estes homens constituíam uma célula terrorista e se preparavam um atentado em Espanha.

Os serviços secretos intercetaram a ameaça através do Facebook. Um dos supostos jihadistas publicou há cerca de duas semanas na rede social mensagens de apoio ao Estado Islâmico e cânticos.

As buscas continuam naquele bairro de Ceuta.

Estas detenções são anunciadas um dia depois de ter sido comunicada uma operação conjunta das autoridades francesas, espanholas e marroquinas que se saldou numa centena de detenções de pessoas com suspeitas de ligação ao jihadismo.