Os separatistas ucranianos e as autoridades de Kiev acordaram este sábado um cessar-fogo e a criação de uma zona desmilitarizada de 30 quilómetros na região este da Ucrânia.

Depois de conversações em Minsk, na Bielorrússia, as duas partes assinaram um acordo.

«Assinamos um memorando», disse o enviado de Kiev, o ex-Presidente Leonid Kuchma, aos jornalistas.