Uma mulher chinesa feriu a tiro o cônsul geral da China na ilha de Cebu, nas Filipinas, durante um almoço num restaurante local, nesta quarta-feira, e matou dois funcionários do consulado, segundo um porta-voz da polícia citado pela agência Reuters.

Song Ronghua foi transportado para o hospital, enquanto a atiradora e o marido foram detidos pelas autoridades.

“Ainda estamos a determinar o motivo”, afirmou o porta-voz da polícia.

De acordo com as autoridades, o casal invocou imunidade diplomática e o embaixador chinês em Manila recusou fazer quaisquer comentários nesta fase.