A inquietação sentida em Espanha desde o referendo catalão de autodeterminação na Catalunha exprimia-se hoje nas ruas, com manifestações pelo "diálogo" ou pela "unidade", a dias de uma hipotética declaração unilateral de independência.

Respondendo ao apelo da iniciativa da sociedade civil, os espanhóis começavam ao início da tarde a juntar-se para incitar os catalães e o resto de Espanha a dialogar.

As tensões entre Madrid e os separatistas no poder na Catalunha desde o início de 2016 mergulharam o país na mais grave crise política desde o regresso da democracia em 1977.