O serial killer norte-americano Charles Manson, de 80 anos, terá cancelado o casamento com uma jovem 53 anos mais nova, depois de alegadamente ter descoberto as verdadeiras intenções da namorada.

Elaine Burton, conhecida como Star (estrela), tem 27 anos e surpreendeu o mundo ao afirmar estar apaixonada pelo assassino, condenado a prisão perpétua depois do seu envolvimento nos crimes Tate-LaBianca. Mas agora, a imprensa internacional avança que a jovem apenas estava interessada em casar com Manson para ficar com o seu corpo, depois dele morrer, e conseguir fazer disso uma atração turística.

A informação foi divulgada pelo jornalista Daniel Simone ao «New York Post». Simone revelou ainda que Burton queria exibir o cadáver numa montra de vidro e ganhar dinheiro com isso.

Aparentemente, Manson terá descoberto o plano da jovem e decidiu romper o noivado.

«Ele finalmente percebeu que estava a ser tomado como um tolo», disse Simone ao jornal norte-americano.

A licença de casamento entre o serial killer e a jovem expirou na semana passada, mas Burton ainda estará com esperanças de que esta possa ser renovada.

Os crimes Tate-LaBianca chocaram o mundo em 1969. Charles Manson era o líder de um grupo conhecido como a Família Manson e, a 9 de agosto, alguns dos seus seguidores invadiram uma casa alugada pelo realizador Roman Polanski em Los Angeles, assassinando a atriz e esposa do realizador, Sharon Tate, que estava grávida, e quatro amigos do casal. 

De acordo com a polícia, as vítimas foram baleadas, esfaqueadas e espancadas até a morte. Nas paredes havia mensagens escritas com o sangue das vítimas e numa lia-se «Pigs» (Porcos). 

Na noite seguinte, o mesmo grupo invadiu a casa de Rosemary e Leno LaBianca e matou o casal, voltando a deixar mensagens com o sangue das vítimas. 

Com 37 anos, Manson foi inicialmente condenado à morte, em 1971, mas com as mudanças na legislação, a pena foi alterada, em 1972, para prisão perpétua.