O vice-Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, celebrou o casamento entre dois funcionários da Casa Branca, na sua residência, em Washington.

A notícia foi partilhada pelo próprio Joe Biden na rede social Twitter, acompanhada de uma imagem do casal homossexual.

“Orgulhos de casas Bryan e Joe na minha casa. Não podia estar mais feliz, são dois funcionários de há muito tempo da Casa Branca, dois homens fantásticos”, escreveu o braço-direito de Barack Obama.

Uma cerimónia que acontece na reta final do seu mandato e um ano depois de o seu Governo ter legalizado o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

De acordo com o portal BuzzFeed, Joe Biden obteve uma licença temporária para poder oficializar o casamento, que realizou a pedido dos noivos, Brian Mosteller, que é diretor de operações da Sala Oval, e Joe Mashie, coordenador das deslocações da primeira-dama, Michelle Obama.

O vice-Presidente tem-se afirmado na luta pelos direitos das mulheres, deslocando-se, inclusive, a escolas e universidades para falar sobre a violência sexual.

Esta é, aliás, uma das áreas a que Joe Biden pretende continuar ligado depois de deixar a Casa Branca, o que acontecerá em janeiro, sabe a ABC news.

O governante participou, inclusive, num episódio da 18.ª temporada da série “Lei e Ordem”, com a protagonista Mariska Hargitay da Unidade Especial para as Vítimas, de combate, essencialmente, aos crimes sexuais contra menores e mulheres. O episódio será transmitido no próximo dia 28 de setembro, nos Estados Unidos.