Elas autodenominam-se o primeiro «throuple» (casal triplo, digamos assim) lésbico do mundo. E agora vão ter um filho.

Doll, Kitten e Brynn, que vivem no estado norte-americano de Massachussets, casaram-se em agosto, numa cerimónia em que cada uma das três apareceu vestida de noiva a rigor, acompanhada ao altar pelo respetivo pai.

Na verdade, só Brynn e Kitten estão legalmente casadas, mas Doll está ligada a elas, conta o «Daily Mail», por um contrato cuidadosamente preparado por um advogado, de maneira a garantir que cada uma está legalmente comprometida com as outras.

Depois disso decidiram ter filhos. Três, dizem. Kitten, de 27 anos, fez inseminação artificial, recorrendo a esperma de um doador anónimo, e o primeiro bebé, uma menina, deve nascer em julho.

O plano para já é que seja ela a ter os próximos filhos, mesmo que com óvulos das companheiras. Mas também admitem adoção.

«Esperamos ter três filhos. Dizemos sempre a brincar que os filhos nunca devem ser em maior número que os pais», graceja Brynn, de 34 anos.