Harold «Doc» Knapke e Ruth estiveram casados durante 65 anos e morreram com menos de 24 horas de diferença.

«Doc» morreu por volta das 7:30 horas da manhã no dia 11 de agosto. Na noite desse mesmo dia, a esposa de quase sete décadas morreu também.

A família não tem dúvidas de que o facto de Doc ter aguentado tanto se prende com o amor a Ruth.

O casal do Ohio, nos Estados Unidos, conheceu-se no terceiro ano da escola e o homem e a mulher raramente foram vistos um sem o outro. Jeff Simon, o neto de 20 anos, contou a história de amor do avô, de 91 anos, e da avó, de 89, à «Fox» na manhã desta terça-feira.

«Eles conheciam a vida inteira um do outro e foram católicos devotos toda a vida. Acho que a relação deles com Deus fortaleceu imenso a própria relação entre eles», referiu Simon durante o programa.