As autoridades mexicanas anunciaram, esta sexta-feira, a detenção do presumível líder de um cartel suspeito de ser responsável pelo desaparecimento, há três semanas em Iguala (sul), de 43 estudantes.

Sidronio Casarrubias Salgado, chefe do grupo criminoso «Guerreros Unidos», foi detido na companhia de uma dos seus homens mais próximos, informou o diretor do Departamento de Investigação Criminal da Procuradoria-Geral da República, Tomas Zeron, em conferência de imprensa.

O Procurador-Geral da República, Jesus Murillo Karam, afirmou que a detenção de Salgado se abre uma nova linha de investigação que pode levar as autoridades a ficarem mais perto da «verdade».