O furacão Matthew matou pelo menos 261 pessoas no Haiti. É o último balanço oficial feito pelas autoridades, que temem que os números subam ainda mais, já que “várias dezenas” de vítimas estariam numa cidade costeira, no sudeste da península, que as equipas de resgate só agora conseguiram atingir, avança a Reuters.

Pelo menos outras quatro pessoas morreram na República Dominicana, atingida pela tempestade na última terça-feira.

O Sul dos Estados Unidos é a próxima região na rota do furacão. O Presidente norte-americano, Barack Obama, anunciou hoje um plano de emergência federal para a Carolina do Sul, que deverá ser atingida pelo devastador furacão Matthew.

Barack Obama já tinha anunciado hoje um plano de ajuda federal ao Estado da Florida, no sudeste do país, também no trajeto do furacão.

Ao declarar o estado de emergência federal, o Presidente norte-americano permite desbloquear imediatamente os meios federais de assistência aos agentes de segurança interior e de gestão de situações de urgência para coordenar o socorro, segundo um comunicado da Casa Branca.