O rei da Suécia escapou ileso de um acidente de trânsito, esta quarta-feira, em Estocolmo, quando se dirigia para o aeroporto. Carlos XVI Gustavo acabou por seguir viagem noutro veículo, anunciou a Casa Real.

«Houve uma colisão contra outro veículo que entrou na nossa faixa de rodagem. O rei saiu ileso», afirmou à AFP uma porta-voz do palácio real que estava no mesmo carro.

Annika Sonnerberg acrescentou que o monarca estava no banco de trás quando o carro colidiu com um veículo em sentido contrário que fazia uma curva à esquerda. O soberano, o motorista e um assessor não sofreram quaisquer ferimentos. A mesma porta-voz, também citada pela Associated Press, referiu não ter conhecimento se os ocupantes do outro veículo ficaram feridos ou se haverá alguma consequência jurídica.

O acidente aconteceu na ponte Nockeby de Estocolmo, quando Carlos XVI Gustavo seguia para o aeroporto de Bromma para fazer um voo doméstico para o norte do país.

O acidente de trânsito não foi o primeiro que envolveu um rei na Suécia.

Um bairro de Estocolmo tem o nome de Kungens Kurva (Curva do Rei) desde 1946, quando um carro que transportava Gustavo V saiu da pista após o motorista ter feito uma curva em alta velocidade.

Já a cidade de Norrköping, no sudeste do país, tem a Kungens Rondell (Rotunda do Rei) desde que o atual soberano, ao volante de um BMV, bateu num outro carro em 2005.