Carla Bruni suspeita de desvio de fundos públicos

Fundação da primeira-dama francesa terá recebido dinheiro de forma ilegal

Por: Redação / CP    |   8 de Janeiro de 2012 às 09:42
A mulher do presidente francês Carla Bruni Sarkozy está envolvida num escândalo de alegado desvio de fundos públicos.

De acordo com a imprensa francesa, a fundação da primeira-dama dedicada à luta contra o analfabetismo terá recebido de forma ilegal 3,5 milhões de euros do Fundo Nundial de Luta contra a Sida, um organismo do qual Bruni é embaixadora.

Os jornais dizem ainda que Carla Bruni terá feito transferências ilegais para várias empresas pertencentes a um amigo, o músico e empresário Julien Civange, que foi testemunha no casamento da antiga modelo com o chefe de estado Nicolas Sarkozy.

Perante tudo isto, Carla Bruni rejeita as acusações e garante que a fundação que preside nunca recebeu dinheiros públicos.
PUB
FOTOGALERIA:
Carla Bruni: primeira aparição pública desde o nascimento de Giulia

Sarkozy e Carla Bruni (Reuters) EM CIMA: Sarkozy e Carla Bruni (Reuters)
COMENTÁRIOS

PUB
Governo quer todos os criminosos sexuais «longe» das crianças

Condenados por abusar de menores já estavam impedidos de trabalhar com crianças, mas a nova proposta do Governo não exclui que outros criminosos sexuais, de pessoas maiores de idade, também possam ser impedidos de exercer funções. Todos os profissionais em contacto regular com menores vão ter de apresentar registo criminal antes de poderem ser contratados. Executivo alterou proposta para a Base de Referenciação de pedófilos e os pais já não vão poder saber onde vivem os condenados