Catorze pessoas ficaram hoje feridas num acidente rodoviário numa zona a leste de Caracas, que envolveu três autocarros de passageiros, um deles propriedade de imigrantes madeirenses radicados na Venezuela.

Segundo o diretor dos serviços de Proteção Civil do Estado de Miranda, Victor Lira, o acidente ocorreu pelas 05:00 locais (10:30 em Lisboa), numa zona conhecida como «Troncal 9» da povoação de Cupira, 170 quilómetros a leste de Caracas.

O responsável acrescentou que o trânsito foi restabelecido duas horas depois do aciente.

O acidente envolveu três autocarros de passageiros, um deles da empresa Aeroexpressos Executivos (propriedade de imigrantes madeirenses) e que efetuava a ligação entre as cidades de Maturín e Caracas.

Os outros dois autocarros pertenciam às empresas Expressos do Sul e Expressos Los Llanos, que viajam entre as localidades de Barquisimeto e Bolívar, e Valência e Upata, respetivamente.

Desconhece-se ainda se há portugueses ou luso-descendentes entre os feridos.

Na origem do acidente poderá ter estado o mau tempo na zona.