O estado de saúde do Nobel da Paz 2010 Liu Xiaobo agravou-se nas últimas horas, com a falência de vários órgãos. O dissidente chinês tem um cancro inoperável

Liu, 61 anos, tem uma infeção abdominal, peritonite, disfunção de órgãos e choque séptico. Os médicos dizem que estão a fazer todos os esforços para lhe salvar a vida.

“O paciente continua a receber cuidados de emergência”, indica num comunicado o hospital universitário de Shenyang (nordeste da China), onde Xiaobo está internado.

Em junho, o hospital já tinha revelado que o opositor estava “num estado crítico”.

Foi nesse mês que as autoridades chinesas decidiram libertar Liu Xiaobo precisamente razões médicas, depois de o Nobel ter sido diagnosticado com cancro de fígado em fase terminal.

O professor, intelectual e dissidente, ainda tinha três anos para cumprir da pena de prisão a que tinha sido condenado.