O Senado canadiano aprovou na quinta-feira a legalização do consumo de canábis para fins recreativos, que segue agora para a Câmara dos Comuns, controlada pelos parlamentares do partido do primeiro-ministro, Justin Trudeau.

A lei que legaliza o consumo de canábis para fins recreativos foi aprovada com 52 votos a favor, 30 contra e uma abstenção.

A promessa eleitoral, de liberalização desta droga leve, feita por Justin Trudeau, fica assim mais próxima de ser concretizada.

Embora não haja ainda uma data exata para a venda de canábis ao público, a aprovação do Senado foi um passo muito significativo, sendo que muitos observadores apontam que a nova lei seja posta em prática a partir de agosto e que pode tornar o Canadá o primeiro país do G7 (grupo das sete economias mais avançadas do mundo) a legalizar este consumo recreativo.

Desde 2001 que é permitido o uso desta planta para fins medicinais no país.