Um tribunal de Toronto, no Canadá, condenou hoje um agente da polícia pela tentativa de homicídio de um adolescente, que acabou por sucumbir aos tiros disparados, mas absolveu-o da acusação de homicídio involuntário.

James Forcillo estava indiciado de dois crimes pela morte a tiro de Sammy Yatim, de 18 anos, em 2013.

O júri considerou ter-se justificado o disparo dos primeiros três tiros contra o adolescente, justificando assim a absolvição da acusação de homicídio em segundo grau.