A cidade de Cape St. George, em Newfoundland, no Canadá, tentou vender no eBay a carcaça de uma baleia azul, que deu à costa na semana passada, avança a AFP.

Como as autoridades locais e regionais se têm revelado impotentes para resolver o problema, os habitantes decidiram colocar a carcaça do animal à venda no eBay na segunda-feira. E confirma-se que o «lixo de uns é o luxo dos outros», porque em poucas horas foram feitas várias ofertas para comprar o cadáver da baleia azul. A mais alta chegou aos dois mil dólares, cerca de 1500 euros.

Em declarações à AFP, Peter Fenwick, autarca da cidade, explicou que «as autoridades competentes não assumiram o problema, nem ofereceram soluções. Nós temos que nos livrar da carcaça». «Na verdade», acrescenta, «até dávamos o animal desde que assumissem a responsabilidade de o remover da costa».

No entanto, apesar dos interessados, o leilão acabou por ser retirado do site porque é contra a política do eBay «vender animais, vivos ou mortos».

Mas as autoridades também contataram o autarca e informaram-no que «era ilegal» vender o cadáver do animal.

Curiosamente, há mais duas localidades de Newfoundland com o mesmo problema. Outras duas baleias azuis que deram à costa. Num dos casos, em Trout River, o animal corre risco de explodir. Mas ambos os casos um museu de Ontario vai recolher os animais, ainda esta semana.