As autoridades indianas elevaram esta sexta-feira para 23 o número de mortos no desabamento na quinta-feira de um viaduto em construção em Calcutá, no leste do país, onde as operações de resgate entram na fase final.

O novo balanço foi facultado à agência Efe por fonte da polícia que indicou que as operações, em que participa o exército e a força nacional de resposta a desastres, estão “prestes a acabar”, quase 24 horas depois do colapso.

O mesmo responsável indicou que 20 das vítimas são homens e três mulheres e que continuam hospitalizados 14 dos 76 feridos.