O vulcão chileno Calbuco, na região turística Los Lagos, a 900 quilómetros a sul da cidade de Santiago do Chile, voltou a entrar em erupção na noite desta quarta-feira, 43 anos depois da última vez. O fenómeno gerou um alerta vermelho.

 

A coluna de cinzas atingiu 10 quilómetros de altura, segundo informações do serviço de geologia do Chile.
 
De imediato, as autoridades e o governo chileno determinaram o isolamento de um raio de 20 quilómetros.
 
As cidades mais próximas receberam ordem de evacuação. Cerca de 1.500 pessoas estar a ser obrigadas a sair de casa.
 
Antes da erupção, num período de duas horas, tinham sido registados cerca de 140 sismos na região.
 
O Calbuco é o terceiro vulcão mais perigoso entre os 90 em atividade no Chile, o segundo país com a maior cadeia vulcânica e de maior atividade no mundo, a seguir à Indonésia.