A maior parte dos municípios holandeses não aplica a proibição da venda de cannabis aos estrangeiros nos cafés, segundo um estudo realizado na Holanda, revelou hoje na Internet a página de notícias Dutchnews.

Desde 2012, a legislação holandesa determina que os municípios podem proibir a venda de drogas leves nos cafés aos turistas estrangeiros, uma medida destinada a combater o afluxo de estrangeiros às cidades de fronteira da Holanda apenas por causa do acesso fácil ao cannabis.

Embora muitas autoridades locais tenham incorporado a proibição na legislação local, não estão prontos para colocá-la em prática, segundo um estudo da professora Nicole Maalsté, da universidade holandesa de Tilburg.