Notícia atualizada às 11:11

As autoridades de Alabama, nos Estados Unidos, descobriram, esta terça-feira, os corpos de cinco crianças, com idades entre um e oito anos, que desapareceram há uma semana no estado da Carolina do Sul. As crianças terão sido, alegadamente, assassinadas pelo pai, de 32 anos e informático de profissão, avançam os meios de comunicação locais.

A polícia do Condado de Smith (Mississipi) tem sob custódia o homem que confessou ter matado os seus cinco filhos antes de abandonar os cadáveres num local entre Greenville e Camden (Alabama), explicaram fontes policiais daquele estado ao jornal «Los Angeles Times».

Os cinco meninos foram vistos pela última vez a 3 de setembro, perto da sua casa, na Carolina do Sul, com o pai, tendo sido a mãe das crianças, que dividia a sua custódia com o progenitor após o divórcio, a comunicar o desaparecimento às autoridades.

As autoridades não divulgaram, para já, o modo como as crianças foram mortas, nem as circunstâncias exatas em que os corpos foram encontrados. As autoridades acreditam que os homicídios terão ocorrido na Carolina do Sul e os corpos depois abandonados já no estado do Alabama.

O pai foi detido no sábado, durante uma operação de rotina, depois de uma patrulha da polícia o ter detetado ao volante do automóvel sob efeito de drogas. Foi interrogado e, na segunda-feira, acabou por levar as autoridades até ao local onde tinha abandonado os corpos, descobertos após cerca de 24 horas de buscas.