A Guarda Civil encontrou recentemente o cadáver de uma mulher numa casa no município espanhol de Valdilecha. A mulher já teria falecido há mais de dois anos por causas naturais, mas por não se dar bem com familiares e vizinhos, ninguém sabia nem suspeitava do sucedido.

De acordo com o El Mundo, segundo confirmou esta quinta-feira o Comando da Guarda Civil de Madrid, o cadáver, em avançado estado de decomposição de Angela G.G., que agora teria 52 anos, foi encontrado na sua vivenda no passado dia 16 sem qualquer sinal de violência.

A autópsia confirmou que a mulher faleceu devido a causas naturais.

Os vizinhos desta pequena localidade, com menos de três mil habitantes e situada a cerca de 40 quilómetros da capital, não sabiam nada de Angela desde finais de 2013.