Um rinoceronte foi abatido por caçadores furtivos no parque nacional de Nairobi, um dos mais bem protegidos do Quénia, anunciou este domingo o serviço queniano da vida selvagem (KWS).

«Os dois cornos do animal foram arrancados à machadada e levados» pelos caçadores, que ainda não foram encontrados, segundo um porta-voz do KWS, Paul Udoto.

O parque nacional de Nairobi, onde se localiza o quartel-general do KWS é, no entanto, uma das zonas mais bem protegidas do país, garantiu Udoto, declarando-se «muito chocado».