Mais de metade das emissões de dióxido de carbono (C02) são feitas pelos 10% dos habitantes mais ricos do planeta, enquanto a metade mais pobre é responsável por apenas 10% daquela poluição, segundo um documento da Oxfam, divulgado esta quarta-feira.

O responsável do ramo francês desta organização não-governamental pelas políticas para o clima, Romain Benicchio, afirmou que “os ricos e os grandes emissores de CO2 devem ser responsabilizados pelas suas emissões”.

Os países em desenvolvimento “devem fazer a sua parte, mas é aos países rios que compete mostrar o caminho e assumir as consequências desastrosas dos seus modos de consumo”, adiantou.

Segundo o documento, intitulado “Desigualdades Extremas e Emissões de CO2”, uma pessoa que integre o grupo dos 1% mais ricos do planeta “gera em média 175 vezes mais CO2 que uma pessoas que se situe nos 10% mais pobres”.