A mulher de George W. Bush suspeita que ela, o marido e a restante comitiva norte-americana terá sido envenenada durante a cimeira G8 em Heiligendamm, na Alemanha, em Junho de 2007.

Na sua autobiografia intitulada «Spoken from the Heart», Laura Bush explica que o casal e os restantes membros da comitiva sofreram de um «misterioso» mal estar de tal forma grave que os Serviços Secretos investigaram a possibilidade de envenenamento.

Mesmo os médicos tendo concluído que terá sido um vírus que o grupo contraiu durante a viagem, Laura Bush não ficou satisfeita e mantém certas dúvidas: «Nunca soubemos se outros membros das delegações presentes na cimeira sofreram indisposição semelhante ou se, misteriosamente, só os norte-americanos foram afectados», afirma.