Um artista australiano, conhecido pela sua ousadia nos murais que faz, ousou pintar Hillary Clinton apenas com um decotado biquíni com as cores da bandeira norte-americana na parede de uma loja de scooters de Footscray, nos arredores de Melbourne. Segundo o The Guardian, o mural foi considerado ofensivo e contrário à política de igualdade de género e as autoridades locais contactaram a polícia para obter uma opinião sobre o tema.

Achamos que este mural é ofensivo porque representa uma mulher quase nua, não por ser desrespeitoso para com Hillary Clinton, e não se enquadra na nossa posição sobre igualdade de género", afirmou o chefe do executivo local.

Tendo sido concluído que o mural era ofensivo e violava a lei sobre grafítis, as autoridades ameaçaram o proprietário do edifício onde Hillary foi pintada com uma multa. Também a conta de Lushsux no Instagram, onde este tinha colocado uma fotografia da obra, foi encerrada.

Apesar dos avisos, o artista não se amedrontou e surpreendeu tudo e todos ao não apagar o mural. O artista optou por reformular a imagem e "vestiu" uma burka à candidata democrata.

Não é mais um suposto mural "ofensivo e quase nu" de Hillary Clinton. Agora é uma representação de uma bonita mulher muçulmana. Nenhuma pessoa razoável deve considerar isto ofensivo. Se esta mulher muçulmana o ofende é porque é intolerante, racista, sexista, islamofóbico", escreveu o australiano nas redes sociais. 

 

No entanto, também esta imagem acabou por desaparecer. Tudo porque, perante a iminência de um processo, Lushsux acabou por pintar a parede de preto, escondendo por completo Hillary Clinton pintada com um biquíni ousado.

 

Looks like the council wins? GG

Uma foto publicada por lushsux (@lushsux) a

Da obra de arte restam apenas as imagens feitas no curto espaço de tempo que a mesma esteve à vista de todos nos arredores de Melbourne.

Esta não é a primeira vez que Lushsux ousa nos murais que faz nem que visa um candidato à presidência dos EUA. Nos seus perfis nas redes sociais é possível ver imagens dos grafítis espalhados por Melbourne que retratam Donald Trump e também a mulher deste, Melania.

 

Had to censor The Dongald, it's in Hardware lane, Melbourne CBD

Uma foto publicada por lushsux (@lushsux) a

 

 

 

Decided to censor this not to cause anymore offence

Uma foto publicada por lushsux (@lushsux) a