No dia em que as escolas e o metro voltaram à normalidade, na sequência do  alerta máximo decretado em Bruxelas após os atentados de Paris, as agências oficiais do turismo belga divulgaram um anúncio de promoção turística... com gatos.
 
No domingo, a polícia federal belga pediu aos cidadãos para não divulgarem imagens das operações que estavam a decorrer, não só na capital, como em outras cidades, apelo que foi aceite e deu lugar a uma partilha viral nas redes sociais de várias imagens de gatos.
 
Aproveitando esta ideia, e que chegou a todo o lado, as três autoridades turísticas do país divulgaram um vídeo promocional de 20 segundos em que os gatos e zonas emblemáticas de Bruxelas são os protagonistas, como a praça Grand Place e o Átomo (Atomium).
 
Na sequência dos atentados de Paris e das investigações que prosseguiram até Bruxelas, seguiram-se vários cancelamentos em hotéis.
 
Neste vídeo, os gatos dançam pela cidade, sempre com referências à cultura do país, como os chapéus de coco e maçãs verdes em alusão ao pintor surrealista René Magritte.
 
Com este vídeo, o turismo quis também agradecer aos belgas o sentido de humor que revelaram numa noite muito tensa.
 
“Tourism Flanders, Visit Brussels e Wallonia-Brussels Tourism estão orgulhosos dos habitantes de Bruxelas e queremos com este vídeo dar-lhes um novo alento. Terem-se lembrado dos gatos gerou grande simpatia no país e no estrangeiro”, afirmaram os três organismos oficiais, segundo a agência Reuters.
 
As escolas e o metro de Bruxelas reabriram nesta quarta-feira, depois de cinco dias em que a cidade esteve em alerta máximo por suspeitas de atentados terroristas.