A deputada trabalhista britânica Gisela Stuart vai chefiar o grupo de trabalho que pretende analisar as formas de proteção dos europeus que residam no Reino Unido depois de o país abandonar a União Europeia.

Gisela Stuart, numa entrevista à BBC, afirmou que os cidadãos comunitários que residem no Reino Unido encontram-se no “limbo” depois da realização do referendo que deu a vitória ao Brexit e determinou a saída do país da União Europeia.

No referendo, que se realizou a 23 de junho, 51,9% dos eleitores britânicos votaram a favor do Brexit, contra 48% de votantes que tinham apoiado a manutenção do Reino Unido na União Europeia.