A deputada do Partido Trabalhista britânico Angela Eagle anunciou este sábado que vai apresentar na segunda-feira a candidatura à liderança do partido, desafiando assim o atual líder, Jeremy Corbyn.

Angela Eagle explica que quer mostrar que pode fazer a diferença e que poderá fazer um Partido Trabalhista forte, após o fracasso das negociações destinadas a resolver a crise interna que envolve a continuação de Jeremy Corbyn.

Segunda-feira de manhã vou anunciar a minha candidatura à direção do Partido Trabalhista. Vou explicar a minha visão para o país e a diferença que pode fazer um Partido Trabalhista forte”, anunciou Angela Eagle.

Corbyn tem sido pressionado a demitir-se por vários membros do partido que o acusam de não se ter envolvido suficientemente na campanha pela permanência na União Europeia (UE), derrotada no referendo de junho que veio determinar o ‘Brexit’.

Três em cada quatro deputados trabalhistas chumbaram um voto de confiança ao líder Jeremy Corbyn, apenas 40 aprovaram o voto de confiança em Jeremy Corbyn, havendo quatro abstenções e 13 outros parlamentares que não votaram.

Confrontado com a votação e com a exigência do seu afastamento, Corbyn, que defendeu a manutenção do Reino Unido na União Europeia, já rejeitou a hipótese de demissão, após uma reunião entre os deputados trabalhistas britânicos