Um hacker suspeito de extorquir a mulher do ainda vice-presidente brasileiro Michel Temer em quase quatro mil euros foi detido esta quarta-feira.

De acordo com o jornal brasileiro O Estado de S. Paulo, o suspeito terá invadido os dados do telemóvel de Marcela Temer, exigindo dinheiro para não os divulgar.

Marcela chegou a efetuar um pagamento, em troca da devolução dos ficheiros que tinha no aparelho, mas o acordo não foi cumprido.

Depois de um mês de investigação e de um mandato de busca e apreensão, Silvonei José e Jesus Souza foi detido em casa pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa de São Paulo.

Marcela Temer é casada com Michel Temer, que deverá tomar posse como presidente agora que se confirmou a destituição de Dilma Rousseff

Marcela é 43 anos mais nova que o marido e tem suscitado muitas curiosidades na comunicação social.