Cerca de cem manifestantes foram detidos no sábado durante um protesto contra o Mundial2014 de futebol em São Paulo (Brasil), após estarem envolvidos em atos de vandalismo, informou a Polícia Militar do Estado.

A polícia estima que 1.200 pessoas participaram na manifestação, que foi acompanhada por mil agentes. Os detidos foram levados a duas esquadras e ainda não foi divulgado quantos permanecerão presos.

A manifestação começou ao fim da tarde e seguiu pacífica por duas horas, mas depois, segundo a Polícia Militar, um grupo de pessoas dispersou-se, caminhou para o centro de São Paulo e vandalizou agências de bancos e telefones públicos.