Um assalto esta quarta-feira numa escola de condução de Teresina, Piauí, Brasil, ficou registado e marcado por um momento insólito.

Perante a passividade dos restantes utentes da escola, que entregaram os telemóveis ao homem de capacete empunhando uma arma, uma jovem mostrou resistência. Em vez de tirar da mala o telefone, tirou um spray de gás pimenta e atirou sobre assaltante.

Como o homem usava capacete, o gás pimenta não surtiu efeito e o ladrão agrediu a mulher e atirou sobre ela três vezes, mas a arma não funcionou.

Os outros utentes e funcionários do estabelecimento assistiram a tudo sem intervir, como revelam as imagens da câmara de vigilância.



O assaltante acabou por abandonar o local e continua a monte.

Segundo o Globo, a mulher já apresentou queixa por tentativa de homicídio na Polícia Militar.