Aécio Neves, o candidato presidencial brasileiro que perdeu as eleições em outubro do ano passado para Dilma Rousseff, diz que o Partido dos Trabalhadores é “uma organização criminosa”. Numa entrevista ao “Correio Braziliense”, diz ainda que o Brasil “tem uma Presidente sitiada”.

Aécio, líder do Partido da Social Democracia Brasileira, diz que as eleições presidenciais no Brasil foram “uma luta absolutamente desigual”.

“Não perdi para um partido político. Perdi para uma organização criminosa que se apoderou do Estado”, disse.


Para Aécio Dilma “mentiu aos brasileiros” para “vencer as eleições” e agora é “uma Presidente sitiada”. “Ela vai para onde? Para ser vaiada?”, questionou.

Na mesma entrevista, Aécio Neves fala dos escândalos de corrupção que assolam o Brasil. “A gente fica vendo denúncia disso, denúncia daquilo… amanhã vai prender não sei quem”, disse.

As denúncias de corrupção já motivaram várias detenções no Brasil. A maioria dos políticos indiciados pertence ao partido no Governo.