Mais de 500 pessoas de três localidades do estado alemão de Brandemburgo, a sudoeste de Berlim, foram retiradas de casa devido a um incêndio florestal de grandes dimensões que lavra desde quinta-feira naquela região.

O foco do incêndio situa-se a cerca de 50 quilómetros da capital alemã e as autoridades aconselharam os habitantes dos bairros mais periféricos a sul de Berlim a manterem fechadas as portas e janelas das casas, de acordo com a agência de notícias EFE.

Ao todo foram retiradas 540 pessoas de três pequenas localidades de Brandemburgo, que foram alojadas em casas de familiares e amigos, enquanto são colocadas camas provisórias num pavilhão desportivo em Treuenbrietzen, a cerca de 100 quilómetros do foco do incêndio.

As chamas deflagraram ao final da tarde de quinta-feira e estenderam-se rapidamente, tendo já afetado cerca de 300 hectares de floresta, ao mesmo tempo que deflagravam outros fogos de menores dimensões na mesma região.

Os trabalhos de extinção do incêndio são considerados complicados, já que no subsolo de Brandemburgo estão enterradas muitas munições da II Guerra Mundial.