O número de mortos no atentado suicida perpetrado no domingo durante um jogo de voleibol na província de Paktika, no sudeste do Afeganistão, subiu para 57, enquanto 66 pessoas continuam hospitalizadas, informou hoje fonte oficial.

«Quarenta e duas pessoas morreram na hora e 15 no hospital na sequência dos ferimentos durante a noite», afirmou, em comunicado, o porta-voz do governo de Paktika, Mukhlis Afghan.

Além disso, 66 pessoas continuam hospitalizadas, das quais 54 num centro militar em Cabul, para onde foram transferidas na noite passada, e 12 em Paktika, de acordo com a mesma nota.