O número de feridos do incêndio e explosão numa carpintaria em Hamburgo (norte da Alemanha) subiu para 38, segundo a agência noticiosa espanhola Efe.

Doze bombeiros ficaram feridos, alguns deles com gravidade, após a explosão, que ocorreu enquanto se encontravam a trabalhar dentro do edifício.

A maior parte dos feridos sofreram intoxicações por inalação de fumo e 19 foram transportados para instalações médicas para serem atendidos.

O fogo começou de madrugada, por motivos que até ao momento se desconhecem, num estabelecimento de dois pisos dentro de um antigo ‘bunker’ da II Guerra Mundial, reabilitado para acolher diferentes empresas, indicou o porta-voz dos Bombeiros de Hamburgo, Thorsten Grams, em declarações ao canal de televisão “n-tv”.

Sobre as causas da explosão, vários meios de comunicação apontaram que o estabelecimento armazenava cerca de cem toneladas de óleos essenciais para o tratamento de madeira. No entanto, não há nenhuma confirmação.

Apagar as chamas completamente demorará, no mínimo, até esta tarde, segundo o porta-voz dos bombeiros.

Até ao momento, não há estimativas dos danos.