Um atentado em Istambul teve como alvo um autocarro da polícia que passava junto de uma central de autocarros em Vezneciler, fazendo 11 mortos - dos quais sete polícias - e 36 feridos, três deles com gravidade, avança a Reuters que cita o governador de Istambul.

De acordo com a CNN Turca, um carro-bomba terá sido ativado por controlo remoto quando o autocarro da polícia passava perto do centro histórico e turístico da cidade turca. Várias ambulâncias deslocaram-se de imediato para o local onde ocorreu a explosão.

O ataque aconteceu durante a hora de ponta e ainda não foi reivindicado. Segundo testemunhas citadas pela imprensa turca, a explosão foi seguida de tiros.

Nos últimos meses, a Turquia tem alvo de vários atentados reivindicados por militantes curdos, pelo Estado Islâmico e por radicais de extrema esquerda. Os mais recentes, em março, mataram 39 pessoas.