As discotecas na Índia foram proibidas pelo governo, em 2005, por potenciarem comportamentos desviantes nos mais jovens e, ainda, por serem locais de crime e prostituição. Mas agora, os espaços vão poder reabrir por ordem do tribunal, escreve a «BBC».

Os donos dos bares e dançarinos protestaram contra a proibição e o Supremo tribunal da Índia divulgou agora a sua decisão.

Na altura que os espaços foram encerrados, mais de 100 mil mulheres trabalhavam em mais de 1.400 bares e discotecas do país. As mulheres dançavam o «Bollywood» e os clientes ofereciam-lhes dinheiro.

Esta terça-feira, as autoridades informaram que os bares podem reabrir mediante renovação das licenças.