Uma paragem num teleférico da cidade boliviana de El Alto, situada a cerca de 4.000 metros de altitude e vizinha de La Paz, deixou na terça-feira ‘penduradas’ dentro das cabinas duas centenas de passageiros durante uma hora.

A empresa estatal Mi Teleférico, responsável pelo serviço, informou que a paragem na linha azul do teleférico em El Alto “deveu-se a um problema no sistema de comunicação da fibra ótica com os sensores que causou uma paragem de cerca de uma hora.

No mesmo comunicado, a empresa acrescentou que não foi necessária a intervenção dos bombeiros, mas a imprensa local contrariou esta versão.

Os meios de comunicação locais informaram que os passageiros afetados foram cerca de 200 e que foi necessária a intervenção de bombeiros para os retirar.

A linha foi inaugurada em março passado com cinco estações e cerca de 200 cabinas para percorrer um trajeto de 4,9 quilómetros que faz ligação ao teleférico de La Paz. O investimento rondou os 65 milhões de dólares (55,2 milhões de euros).