Pelo menos duas pessoas morreram e 16 outras ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, na sequência de um incêndio que deflagrou na madrugada desta sexta-feira num hospital universitário de Bochum, no oeste da Alemanha, informou o governo regional de Norte-Vestfália.

Mais de 200 bombeiros foram enviados para o local para combater as chamas, mas, ainda assim, pelo menos um dos pisos da unidade de saúde ardeu por completo.

Segundo a Associated Press, que cita comunicado da polícia, o fogo terá começado num quarto de um paciente, no sexto andar, por volta das 2:30 da manhã (1:30 em Lisboa).

As vítimas mortais são o doente que estava nesse quarto e outro que estava no quarto seguinte.

No hospital encontravam-se 180 pacientes, 100 dos quais receberam alta para facilitar o trabalho dos bombeiros. Os restantes doentes foram levados para áreas consideradas seguras dentro da unidade hospitalar.