Atualizado às 16:34

O governo da Turquia decidiu hoje levantar o bloqueio da rede social Twitter aplicado há duas semanas pela divulgação na internet de acusações de corrupção ao primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, informou a autoridade de telecomunicações turca, TIB.

«Iniciámos o procedimento para levantar a proibição do Twitter», disse um responsável da TIB à agência France Presse.

Num veredicto divulgado na quarta-feira, o Tribunal Constitucional turco considerou que a medida constitui uma violação da liberdade de expressão e ordenou o seu levantamento imediato.

No entanto, o Twitter continuava bloqueado esta manhã.

Segundo a France Press, a decisão do Tribunal Constitucional foi publicada esta manhã no diário oficial turco.

O tribunal considerou na quarta-feira que a proibição de acesso violava a liberdade de expressão e ordenou o ministério das comunicação para a anular «com efeito imediato».