O Ministério do Interior de França anunciou esta segunda-feira ter mandado bloquear no fim de semana o acesso a cinco sítios na Internet que defendem o terrorismo.

Al Hayat Media Center, uma filial do grupo extremista Estado Islâmico, e o Islamic News estão entre os cinco sítios bloqueados.

A ordem foi emitida pelo gabinete central de combate ao crime informático e está prevista nas principais medidas antiterroristas aprovadas em novembro no país.

As medidas antiterroristas em França incluem também a proibição administrativa de deixar o país para as pessoas suspeitas de se quererem juntar ao grupo extremista.

As autoridades confiscaram em fevereiro os passaportes a seis franceses, com idades compreendidas entre os 23 e os 28 anos, suspeitos de quererem viajar para a Síria para se juntarem ao grupo extremista Estado Islâmico.