A chanceler alemã, Angela Merkel, é a mais recente líder de Estado a render-se à «moda» das «Selfies».

A «nova tendência», que já «contagiou» o presidente francês, François Hollande, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ou até o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, «apanhou» também a líder alemã.

E a culpa foi das crianças.

Merkel foi «apanhada» pelas objetivas de vários jovens que visitavam a Escola Europeia Robert-Jungk, em Berlim, a propósito da comemoração do «dia do projeto europeu».

Dois meses antes das eleições europeias, Merkel posou, discutiu os ideais europeus com os jovens, e ainda analisou alguns projetos inovadores.